Seropédica também tem prefeito cassado

DECISÃO A realidade vivida nos últimos dias nos municípios de Mangaratiba e Itaguaí, onde os prefeitos foram cassados pelas câmaras municipais locais, também marcou essa sexta-feira a rotina de Seropédica, cujo prefeito, Alcir Martinazzo (PSB), perdeu o mandato numa votação em que oito vereadores optaram pelo afastamento e apenas dois se posicionaram contra.

Acusado de improbidade administrativa, Martinazzo foi substituído no cargo pelo presidente da Câmara Municipal de Seropédica, vereador Wagner Vinicius de Oliveira, politicamente conhecido como Waguinho do Emiliano (PRB), pois o vice-prefeito Zealdo Amaral morreu em setembro do ano passado.

Logo após a proclamação do resultado da votação, Waguinho, vereadores aliados, correligionários e populares seguiram a pé em direção à sede do Poder Legislativo para a formalização da posse. Por volta das 16h uma fonte ligada ao prefeito cassado informou que a assessoria jurídica cuidava de impetrar uma liminar recorrendo da decisão.

Depois de proclamado o resultado, Waguinho do Emiliano chega à sede da Prefeitura de Seropédica para assumir o cargo de prefeito (Foto: Carlos Roberto)
Depois de proclamado o resultado, Waguinho do Emiliano chega à sede da Prefeitura de Seropédica para assumir o cargo de prefeito (Foto: Carlos Roberto)

 

 

Sessão histórica cassa prefeito Luciano Mota

Alguns vereadores acharam relatório confuso, mas votaram pela cassação

Em sessão lotada (mesmo sendo extraordinária), os vereadores de Itaguaí defenestraram definitivamente o prefeito afastado Luciano Mota do poder. Apesar de a leitura do parecer do relator Carlos Kifer (PP) ter suscitado dúvidas (a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro se absteve da defesa em plenário do acusado), dos 15 parlamentares presentes apenas um, o vereador Marco Barreto (PT), votou contra a cassação. Não compareceram à sessão os vereadores Jorge Luiz da Silva Rocha (PV) e Silas Cabral (PV). Cera de 40 minutos depois de encerrada a sessão extraordinária, o presidente da Câmara Municipal de Itaguaí, Nisan Cesar (PSD), deu posse definitiva a Weslei Pereira.

Depois de três horas de sessão, com uma longa leitura de um relatório que parecia não ter fim, os presentes no plenário começaram a duvidar se o parecer do vereador Carlos Kifer apontaria para o pedido de cassação do agora ex-prefeito. Os vereadores que apoiavam o antigo prefeito começaram a levantar a probabilidade de nulidade do processo, no caso de a Casa Legislativa cassar o mandato de Luciano Mota. O relator disse que tinha dúvidas sobre se a Justiça estaria sendo feita, no que foi seguido por colegas como Marco Barreto e Eliezer Lage Bento (PSDC). No fim, venceu a vontade do povo.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

Vereadores celebram efusivamente o decreto que definiu o futuro do ex-prefeito. (Foto: Carlos Roberto)
Vereadores celebram efusivamente o decreto que definiu o futuro do ex-prefeito. (Foto: Carlos Roberto)

Governador cria sistema estadual de cultura do Rio

Foi sancionada pelo governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (foto), e publicada no Diário Oficial do Executivo, na quarta-feira (08), a Lei 7.035/15, que institui o Sistema Estadual de Cultura do Rio de Janeiro, o Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura, que apresenta como anexo único as Diretrizes e Estratégias do Plano Estadual de Cultura. O texto prevê a ampliação do Conselho que passa a se chamar Conselho Estadual de Políticas Culturais, para 32 membros, no qual 16 fazem parte da sociedade civil com representação territorial e das linguagens e segmentos culturais.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

O texto sancionado pelo governador prevê a ampliação do Conselho que passa a se chamar Conselho Estadual de Políticas Culturais. (Foto: Divulgação/ Alerj)
O texto sancionado pelo governador prevê a ampliação do Conselho que passa a se chamar Conselho Estadual de Políticas Culturais. (Foto: Divulgação/ Alerj)

Câmara pode cassar Luciano Mota hoje

JUPY JUNIOR

Vereadores de Itaguaí vão votar relatório final de Comissão Processante sobre KM Engenharia, cujas evidências escandalosas de contrato suspeito podem tirar Mota de vez da Prefeitura

O ATUAL ainda não viu o relatório final da Comissão Processante 003, ainda em tramitação na Câmara Municipal de Itaguaí. Mas a julgar pela movimentação – o presidente Nisan César convocou os parlamentares para uma sessão extraordinária hoje, às 18h – vem novidade por aí. E ela pode ser a cassação do prefeito afastado Luciano Mota, eleito em 2102 para comandar o Executivo municipal mas que há alguns meses amarga péssimas referências de um governo que se perdeu no meio do caminho.

Em 31 de março, por ordem da Justiça, Luciano foi afastado da cadeira de prefeito e Weslei Pereira, que era seu vice (embora rompido politicamente há mais de um ano), assumiu o governo. Todos os olhos se voltaram para a Câmara, que, sempre vacilante – alternando entre a favor de Mota e alguma simpatia com Weslei – não fez muita agitação com as denúncias contra Mota. Inclusive arquivou uma das quatro Comissões Processantes que foram criadas a partir de denúncias de munícipes, justamente a que parecia ter mais chances de cassar Mota por conta das evidências muito contundentes e, principalmente, por causa da condução dos trabalhos, a cargo do relator Willian Cézar (PT), oposição ferrenha ao ex-tucano.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

Luciano Mota pode sofrer o mais severo golpe de sua curta carreira política: cassação ainda é possível. (Foto: Arquivo ATUAL)
Luciano Mota pode sofrer o mais severo golpe de sua curta carreira política: cassação ainda é possível. (Foto: Arquivo ATUAL)

Fundo de Recuperação Econômica passa a valer para todos os municípios do estado

A ampliação da abrangência do Fundo de Recuperação Econômica dos Municípios Fluminenses, proposta pelo governador Luiz Fernando Pezão, foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) e publicada no Diário Oficial da sexta-feira (3). A partir de agora, todas as 92 cidades fluminenses poderão acessar o benefício. Antes da alteração da lei, apenas 35 municípios estavam autorizados a utilizar o fundo, cujo objetivo é auxiliar na recuperação econômica por meio do financiamento de empreendimentos geradores de emprego e renda. “A situação econômica do país é delicada e estamos muito preocupados com a manutenção e geração de empregos. A ampliação do fundo é importante para esse momento da economia do Rio”, afirmou o governador Pezão.

Segundo nota divulgada pelo Governo do Estado, o fundo permite que a Agência Estadual de Fomento (AgeRio) financie empreendimentos geradores de emprego e renda, com juros de 2% ao ano e um prazo de 25 anos para pagamento.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

Para o governador, a ampliação do fundo é importante para esse momento da economia do Rio. (Foto: Reprodução Internet)
Para o governador, a ampliação do fundo é importante para esse momento da economia do Rio. (Foto: Reprodução Internet)

Prefeito Weslei e comitiva visitam a Ufem

O maior projeto estratégico de defesa do país foi apresentado ontem (7) ao prefeito de Itaguaí, Weslei Pereira, secretários municipais e representantes do Legislativo. A comitiva conheceu o Programa de Desenvolvimento de Submarinhos (Prosub), da Marinha do Brasil, na Ilha da Madeira. Até 2025, a União vai investir mais de 28 bilhões no projeto para o desenvolvimento de cinco submarinos, sendo um nuclear, valor incluindo a implantação da infraestrutura.

A visita, que teve a finalidade de apresentar o programa dos submarinos e formalizar parceria com o município, começou pela Ufem (Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas). Depois, o grupo seguiu para o complexo do Estaleiro e Base Naval (EBN), onde será construído o primeiro submarino de propulsão nuclear brasileiro. Mais de 50% da mão de obra usada no empreendimento é de Itaguaí, o que corresponde a 1.285 profissionais contratados da região.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

Contra-Almirante Newton da Costa apresenta projeto ao prefeito. (Foto: Divulgação/ Marinha)
Contra-Almirante Newton da Costa apresenta projeto ao prefeito. (Foto: Divulgação/ Marinha)

Weslei: “é a primeira de muitas”

JUPY JUNIOR

Governo Weslei reabre posto de saúde em Jardim América e promete várias outras inaugurações

Domingo, por volta das 15h: a reinauguração do Posto de Saúde de Estratégia da Família, no Jardim América, foi o evento com o maior número de autoridades municipais por metro quadrado dos últimos tempos. Nada menos do que oito dos 13 secretários foram prestigiar a primeira inauguração no governo Weslei Pereira, que comanda o Executivo municipal desde março deste ano, com o afastamento do prefeito Luciano Mota por ordem da Justiça.

Estiveram lá Mara Lúcia Soares (Educação), Marcelo Godinho (Desenvolvimento Econômico), Felipe Aranha (Governo), Edson Shoiti Hara (Obras), Edson Hara Junior (Gabinete), Glauco Miranda (Administração), Renato Cruz (Turismo e Eventos) e Paulo Wesley (Saúde). Também lá esteve o sub-secretário de Saúde, Luiz Antonio Dias; o diretor de Comunicação Robson Sousa.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

O posto do Jardim América reaberto: atendimento a mais de 14 mil pessoas por mês, segundo a Prefeitura. As consultas, de segunda a sexta, das 8h às 17h. (Foto: Welington Campos)
O posto do Jardim América reaberto: atendimento a mais de 14 mil pessoas por mês, segundo a Prefeitura. As consultas, de segunda a sexta, das 8h às 17h. (Foto: Welington Campos)

Cerimônia simples, enxuta e rápida nos 197 anos da cidade

JUPY JUNIOR

Sessão solene na Câmara Municipal de Itaguaí foi a mais bem organizada dos últimos anos e contou com a presença dos prefeitos de Mangaratiba e de Itaguaí, além de outras autoridades

Em lugar de um evento cansativo, de longas e arrastadas horas e discursos, a Câmara Municipal de Itaguaí organizou, acertamente, uma sessão solene de concessão dos títulos de cidadão e a Medalha São Francisco Xavier breve, objetiva e ainda assim calorosa. Com o plenário ligeiramente menos cheio que em anos anteriores e sem os discursos de entrega, a sessão transcorreu como sempre deveria ser: uma comemoração formal do aniversário da cidade com várias homenagens a pessoas que lutam pela cidade por amá-la. Exatamente como no belo vídeo que abriu a sessão, com depoimentos de itaguaienses que amam a cidade onde nasceram e onde vivem e trabalham.

AUTORIDADES PRESENTES
Várias autoridades compareceram, além do prefeito de Itaguaí, Wesley Pereira. Dentre elas: Ruy Tavares Quintanilha – prefeito de Mangaratiba; Wilson Beserra – ex-secretário de Desenvolvimento e Renda de Seropédica; Marcelo Godinho – secretário de Desenvolvimento Econômico de Itaguaí; Elias Moraes – secretário de Governo, Ciência e Tecnologia e Trabalho e Renda de Mangaratiba; Márcio Henrique Luz Pacheco – deputado estadual pelo PSC; Wagner Vinícius de Oliveira – presidente da Câmara Municipal de Seropédica; Ricardo Bailly – Procurador-geral de Itaguaí e José Sagário Filho – ex-prefeito de Itaguaí. Também ajudou a compor a mesa o diretor de administração da Itaguaí Construções Navais (ICN), Carlos Alberto de Oliveira.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

Os prefeitos Weslei Pereira (Itaguaí) e Ruy Quintanilha (Mangaratiba) com vereadores durante hasteamento das bandeiras, no início da cerimônia. (Foto: Welington Campos)
Os prefeitos Weslei Pereira (Itaguaí) e Ruy Quintanilha (Mangaratiba) com vereadores durante hasteamento das bandeiras, no início da cerimônia. (Foto: Welington Campos)

 

Secretários visitam instalações do Porto Sudeste

Com objetivo de conhecer as instalações do empreendimento Porto Sudeste, os secretários de Meio Ambiente e Agricultura, Hamilton Medeiros, de Planejamento, Alexandre Diniz, de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Godinho, de Obras, Edson Hara, visitaram o terminal portuário.

O Porto Sudeste é um terminal portuário privativo dedicado à movimentação de minério de ferro, na Ilha da Madeira, em Itaguaí. O empreendimento, que começou a ser construído em 2010 e entrará em operação neste mês de julho, representa a menor distância entre os produtores de minério de ferro de Minas Gerais e o mar.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

Secretários municipais e representantes do terminal durante a visita. (Foto: Divulgação/ Porto Sudeste)
Secretários municipais e representantes do terminal durante a visita. (Foto: Divulgação/ Porto Sudeste)

Dr. Jack Santos recebe maior comenda da cidade

DILCEIA NORBERTO

Médico contribuiu para o desenvolvimento de Itaguaí em 56 anos 

O tempo passa. Aliás, são 84 anos. Mas a vitalidade continua em quem teve uma vida toda de luta dedicada às pessoas. Depois de 56 anos servindo à Itaguaí (como ele mesmo diz), o Dr. Jack Fernandes dos Santos recebeu a medalha São Francisco Xavier, a mais importante comenda da cidade. A cerimônia aconteceu no domingo, 05 de julho, dia em que a cidade comemorou 197 anos, na Câmara dos Vereadores. Dr. Santos agradeceu a homenagem.

Para o homem, cujo nome foi inspirado num astro do cinema mudo (sua mãe quando solteira gostava de ir ao cinema para admirar o boxeador americano Jack Dempsey, que atuou em 20 filmes entre 1920 e 1958), a medalha é o reconhecimento de um trabalho de mais de cinco décadas no município: “servi à cidade, porque antes de tudo sou um humilde servidor da pátria”, explica o médico.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

Dr. Jack Santos, de 84 anos, faz parte da história do município desde 1958. (Foto: Carlos Roberto)
Dr. Jack Santos, de 84 anos, faz parte da história do município desde 1958. (Foto: Carlos Roberto)