Seropédica também tem prefeito cassado

DECISÃO A realidade vivida nos últimos dias nos municípios de Mangaratiba e Itaguaí, onde os prefeitos foram cassados pelas câmaras municipais locais, também marcou essa sexta-feira a rotina de Seropédica, cujo prefeito, Alcir Martinazzo (PSB), perdeu o mandato numa votação em que oito vereadores optaram pelo afastamento e apenas dois se posicionaram contra.

Acusado de improbidade administrativa, Martinazzo foi substituído no cargo pelo presidente da Câmara Municipal de Seropédica, vereador Wagner Vinicius de Oliveira, politicamente conhecido como Waguinho do Emiliano (PRB), pois o vice-prefeito Zealdo Amaral morreu em setembro do ano passado.

Logo após a proclamação do resultado da votação, Waguinho, vereadores aliados, correligionários e populares seguiram a pé em direção à sede do Poder Legislativo para a formalização da posse. Por volta das 16h uma fonte ligada ao prefeito cassado informou que a assessoria jurídica cuidava de impetrar uma liminar recorrendo da decisão.

Depois de proclamado o resultado, Waguinho do Emiliano chega à sede da Prefeitura de Seropédica para assumir o cargo de prefeito (Foto: Carlos Roberto)
Depois de proclamado o resultado, Waguinho do Emiliano chega à sede da Prefeitura de Seropédica para assumir o cargo de prefeito (Foto: Carlos Roberto)

 

 

TCU condena o ex-prefeito Charlinho por contas irregulares

DECISÃO O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-prefeito de Mangaratiba (1997-2004) e Itaguaí (2005-2012) Carlo Bussatio Junior, o Charlinho, por contas irregulares quando era prefeito de Mangaratiba.  A decisão é baseada pelo envolvimento dele no escândalo da “Máfia das Sanguessugas”. Em nota ao ATUAL, o TCU esclareceu que a condenação ocorreu por meio do “acórdão do dia 02/06 no TC 006.721/2012-5, processo que cuida de tomada de contas especial instaurada em desfavor da sociedade empresária Santa Maria Comércio e Representações Ltda., de Luiz Antônio Trevisan Vedoin e Carlo Busatto Júnior. AC 2967/2015 – o acórdão julga irregulares as contas do responsável Carlo Busatto Júnior, prefeito do Município de Mangaratiba/RJ à época dos fatos, e o condena, solidariamente com o Sr. Luiz Antônio Trevisan Vedoin e empresa Santa Maria Comércio e Representações Ltda., ao pagamento do débito indicado”.

Matéria completa sobre o caso será publicada na edição da próxima terça-feira (30) do Jornal ATUAL.

TCU) condenou o ex-prefeito o Charlinho, por contas irregulares quando era prefeito de Mangaratiba (Foto: Arquivo ATUAL)
O TCU condenou o ex-prefeito Charlinho, por contas irregulares quando era prefeito de Mangaratiba (Foto: Arquivo ATUAL)

Acidente ambiental grave da Petrobras ocorre entre Itaguaí e Mangaratiba

ACIDENTE AMBIENTAL Um rompimento na válvula de controle da tubulação do oleoduto da Petrobras, no limite dos municípios de Itaguaí e Mangaratiba, rompeu na manhã desta sexta-feira (19) e causou um grande vazamento que chegou até a Baía de Sepetiba. A tubulação que passa próximo à cachoeira de Itinguçu deixou o rio parcialmente coberto pelo óleo que também já chegou ao saco de Coroa Grande (Itaguaí) e parte da Ilha de Itacuruçá, do lado de Mangaratiba.

Barreiras de contenção foram instaladas no Rio Itingussu, mas óleo já chegou a Baía de Sepetiba
Barreiras de contenção foram instaladas no Rio Itinguçu, mas óleo já chegou a Baía de Sepetiba (Fotos: Carlos Roberto)

O subsecretário do Inea do Rio de Janeiro e equipes da Defesa Civil, das secretarias de Meio Ambiente de Itaguaí e Mangaratiba estão no local. A cobertura completa desse acidente será publicada na edição do ATUAL de terça-feira (23).

Técnicos da empresa tentam conter o vazamento na válvula da tubulação
Técnicos da empresa tentam conter o vazamento na válvula da tubulação

 

Encontro define abastecimento de água em Mangaratiba

CONTRATO FIRMADO Após encontro na última semana com o governador do estado Luis Fernando Pezão e o presidente da Cedae Jorge Ferreira Briard, o prefeito de Mangaratiba doutor Ruy Quintanilha (PSD) recebeu em seu gabinete, na quarta-feira (20), o assessor do presidente, Flávio Carvalho, e o diretor de Distribuição e Comercialização Metropolitana da Cedae, Marcello Barcellos Motta, para uma reunião sobre o contrato firmado, no último ano, entre Prefeitura e a empresa de abastecimento de água.  Também estiveram presentes os vereadores José Luiz do Posto (PMDB) e José Maria (PSB), o secretário de Obra, Pedro Luiz Barbosa, e o controlador geral do município, Hamilton Lemos.

Após reunião com prefeito, comitiva visitou áreas onde serão instaladas a ETA e o reservatório (Foto: FOTO Talita Girão/PMM)
Após reunião com prefeito, comitiva visitou áreas onde serão instaladas a ETA e o reservatório (Foto: FOTO Talita Girão/PMM)

O prefeito solicitou a cópia do contrato, para ter ciência do que foi firmado em benefício da população. “Queremos saber na íntegra quais são as melhorias que empresa fará para o nosso município. Queremos dar uma qualidade de vida melhor para esses moradores que sofrem com a falta de água”. Marcello Barcellos Motta assegurou ao prefeito que amanhã será entregue todos os documentos do novo convênio.

 

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

Rápido e nada de importante de novo

Sessão de quinta-feira (21) deixa claro que Legislativo está parado há muito tempo

JUPY JUNIOR

jupy.junior@jornalatual.com.br

CLIMA AMENO DEMAIS Para um desavisado que chegasse de repente a Itaguaí e colocasse os pés no plenário da Câmara Municipal poderia pensar que a cidade vive seus melhores dias. Mas o contexto não poderia ser pior: na pior crise da sua história, Itaguaí tem hoje no Legislativo um campo nada fértil para pôr fim às mazelas que há muito assolam os itaguaienses. A julgar pela sessão de quinta-feira (21) – que durou menos de meia hora -, as amabilidades (muitas vezes forçadas) entre os vereadores e o silêncio sobre os problemas da cidade acabam por prejudicar ainda mais a situação. Em uma analogia fácil de imaginar, os dias do governo Mota em que a Câmara aprovava sem delongas tudo do Executivo pareciam estar de volta. Entre sorrisos e indicações legislativas, o acampamento e suas reivindicações foram ignorados de novo até mesmo pelos vereadores da oposição.

Vereadores interagem entre si durante uma sessão quase neutra: urgências políticas como se fossem problemas já superados (Foto: Welington Campos)
Vereadores interagem entre si durante uma sessão quase neutra: urgências políticas como se fossem problemas já superados (Foto: Welington Campos)

SEM EMBATES

Até mesmo o plenário estava bem mais vazio do que o costume. Nada de informações sobre as Comissões Processantes que devem investigar o prefeito afastado Luciano Mota (sem partido) e o seu governo. Nenhum dos parlamentares cobrou qualquer posicionamento dos presidentes de tais Comissões: Roberto Lúcio Espolador Guimarães (Solidariedade) e Genildo Gandra (PDT). Eles próprios não deram satisfações sobre o andamento dos trabalhos à imprensa ou ao povo da cidade que os elegeu. Continuam a ignorar a revolta do povo. Ninguém resolveu comentar sobre a atitude da empresa Tristars e a crise do lixo, apenas o presidente Nisan César (PSD) deu uma boa notícia a respeito (leia matéria nesta edição).

 

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

 

Aramis Brito é o novo secretário de Assistência Social de Itaguaí

JUPY JUNIOR

jupy.junior@jornalatual.com.br

PELO DIREITO Aramis Brito Bezerra Junior, 50 anos, é o novo secretário de Assistência Social de Itaguaí. O anúncio foi feito pelo prefeito em exercício, Weslei Pereira, na sala de reuniões anexa ao gabinete do chefe do Executivo, na manhã de quinta-feira (21). Weslei disse ter considerado aspectos técnicos para fazer o convite a Aramis, e que o histórico dele o credencia ao cargo: “tivemos a mesma luta pela cidade”, ressaltou o prefeito. A secretária interina, Silvia Keiko – que desde 1999 atua na pasta – passa a ser sub-secretária. Este é mais um anúncio do prefeito em exercício sobre o seu secretariado. Na terça-feira (19) dois novos secretários tomaram posse: Edson Shoiti Hara (Obras) e Mara Lúcia Silva Soares (Educação).

Prefeito Weslei cumprimenta seu mais novo secretário: Aramis Brito (Foto: Carlos Roberto)
Prefeito Weslei cumprimenta seu mais novo secretário: Aramis Brito (Foto: Carlos Roberto)

“PIANO PESADO”

“Sempre trabalhei junto da população e o direito sempre foi um foco meu”, disse Aramis Brito, que foi o terceiro colocado nas últimas eleições para prefeito, com pouco mais de oito mil votos. Nas eleições do ano passado, ele obteve quase 11 mil votos para deputado estadual pela coligação PSC-PTCRJ, firmando-se como suplente. Brito manteve-se na oposição ao prefeito afastado Luciano Mota, e publicou artigos no site Política de Itaguaí a respeito do assunto. Sobre a nova condição pública de secretário municipal, disse: “Estou muito feliz em participar do governo, pois tenho 50 anos de Itaguaí e acho que temos que estabelecer o direito para todos os cidadãos.

 

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

Prefeitura paga os funcionários da Tristars

Prefeito assume responsabilidade da empresa e quita mês de abril em 48 horas

DIOGO CUNHA

diogo.cunha@jornalatual.com.br

BOA NOTÍCIA O prefeito de Itaguaí, em exercício, Weslei Pereira, assinou, no final da tarde da quinta-feira (21), um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em que se compromete a pagar o salário de abril aos funcionários da Tristars, empresa responsável pelo serviço de limpeza urbana em Itaguaí. A interrupção das atividades da empresa, no dia 6 de maio, teve como consequência direta o descumprimento do compromisso salarial com os trabalhadores. O pagamento será feito em 48 horas, e incluirá o recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e do INSS do mês. A assinatura do TAC foi uma iniciativa do prefeito Weslei e da Procuradoria do Município e teve a intermediação do Ministério Público do Trabalho, por meio da procuradora Viviann Mattos, além da participação do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho e Previdência Social (Sindsprev).

Weslei Pereira assina o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em seu gabinete (Foto: Carlos Roberto)
Weslei Pereira assina o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em seu gabinete (Foto: Carlos Roberto)

 

PAGAMENTO DIRETO

O pagamento será feito diretamente aos 466 funcionários e somará R$ 535 mil. O valor será descontado do montante que a Prefeitura de Itaguaí pagaria à Tristars. Esses recursos, contudo, não chegam aos cofres da empresa pelo fato de ela estar sob investigação da Polícia Federal. Procurador da Prefeitura, Ricardo Bailly lembrou que a iniciativa é praticamente inédita no Brasil, de o ente público pagar aos funcionários diretamente, sem passar pela empresa. No discurso que precedeu a assinatura, em seu gabinete no Palácio Barão de Teffé, Weslei, lembrou aos funcionários que a responsabilidade pelo pagamento era exclusivamente da Tristars, mas que se sensibilizou com a situação dos funcionários. “Eu tenho vários depoimentos de várias pessoas da empresa, que têm conta para pagar, comida pra comprar. Tem gente passando fome, por isso fizemos uma força-tarefa para realizar esse pagamento”, declarou. O prefeito em exercício lembrou a iniciativa que adotou assim que assumiu, de dialogar com o funcionalismo municipal em greve e que, da mesma forma, assumiu um termo de compromisso com os servidores para pagar o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCS). Na oportunidade, Weslei Ressaltou também a importância do trabalho dos funcionários da limpeza para o município.

 

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

Prefeito de Itaguaí rompe com a Tristars

O prefeito de Itaguaí, Weslei Pereira, anunciou no fim da noite da sexta-feira (15), a assinatura de um termo que vai oficializar o rompimento unilateral do contrato com a empresa Tristars, até então responsável pelos serviços de coleta de lixo na cidade.

O prefeito Weslei disse que caos no lixo foi amplamente publicada pela imprensa, como fez o ATUAL na capa da edição da última quarta-feira (13) (Foto: Arquivo ATUAL)
O prefeito Weslei disse que caos no lixo foi amplamente publicada pela imprensa, como fez o ATUAL na capa da edição da última quarta-feira (13) (Foto: Arquivo ATUAL)

No documento, o chefe do Executivo itaguaiense justifica que a decisão se deve ao fato de a empresa deixar de cumprir um compromisso essencial ao dia a dia da cidade, ocasionando vários prejuízos à rotina da própria administração pública, dos moradores e de quem necessitava circular pelos logradouros, nos últimos dias tomados de lixo em decorrência da paralisação dos serviços de forma inesperada.

O prefeito justifica ainda que a rescisão unilateral é motivada por descumprimento das obrigações assumidas no contrato administrativo celebrado com o município.

 

Exonerado delegado da PF que investigava Luciano Mota

Superintendência no Rio não apresentou justificativa para a exoneração de Hylton Coelho

O delegado Hylton Coelho, titular da Delegacia de Nova Iguaçu da Polícia Federal, que esteve durante grande tempo à frente das investigações da “Operação Gafanhotos”, foi exonerado hoje do cargo. A Superintendência da PF no Rio não apresentou justificativa para a exoneração. Ainda não há um substituto nomeado. A chefia das investigações ficará a cargo do delegado Rafael Moregula, do Núcleo de Desvio de Verbas.

Delegado Hylton Coelho esteve à frente das investigações da Operação Gafanhotos
Delegado Hylton Coelho esteve à frente das investigações da Operação Gafanhotos

Hylton Coelho ressaltou que o seu afastamento causará transtorno nas investigações nesse momento, porque o novo delegado encarregado terá ainda de se inteirar do andamento da operação. Salientou ainda que a equipe do Núcleo, que conta com dois agentes, ficará sobrecarregada, pois tem outras investigações no momento.

O delegado deixará as investigações sem ter concluído o relatório. Segundo ele, ainda há diligências pendentes. Hylton Coelho afirmou que concluiria esta fase em 30 dias. Agora não se sabe quanto tempo mais se levará para a conclusão do relatório.

Na terça-feira (12) a Câmara Municipal votou contra a cassação do prefeito afastado Luciano Mota. O delegado lembrou a coincidência entre os dois acontecimentos: “As coisas estão acontecendo juntas”, afirmou.

A Operação Gafanhotos, deflagrada em dezembro do ano passado, investiga esquema de corrupção e desvio de verbas de royalties do petróleo e do Sistema Único de Saúde (SUS) supostamente chefiado por Luciano Mota. A operação foi responsável pelo afastamento do prefeito em 31 de março, além da apreensão de automóveis e helicópteros supostamente pertencentes a ele.

 

Brasilit anuncia para junho início de operação em Seropédica

Parque industrial da empresa está instalado numa área de cerca de 100 mil metros quadrados na Estrada Santa Alice

NOVO NEGÓCIO O prefeito de Seropédica, Alcir Martinazzo, recebeu na tarde da quarta-feira (16) a visita do diretor geral da empresa Brasilit Saint-Gobain, Cláudio Bastos, que anunciou para junho o início das operações do parque industrial da Brasilit na cidade. O executivo justificou que a visita teve o objetivo de estreitar os laços entre a empresa e o poder público. A reunião contou também com a presença do empresário e ex-secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Seropédica, Wilson Beserra, que teve destacada atuação nas negociações para a instalação da empresa no município.

O PREFEITO Martinazzo recebeu no gabinete representantes da Brasilit e o ex-secretário Wilson Beserra (Foto: Divulgação/PMS)
O PREFEITO Martinazzo recebeu no gabinete representantes da Brasilit e o ex-secretário Wilson Beserra (Foto: Divulgação/PMS)

A Brasilit atua na fabricação de telhas, caixas d’água, placas, painéis, subcoberturas e acessórios. Há 70 anos no mercado, a empresa integra um dos maiores conglomerados industriais do país, como um dos braços industriais do grupo Saint-Gobain. A Brasilit, desenvolveu a inovadora tecnologia do cimento reforçado com fio sintético, que substitui o amianto, cujo uso é reprovado pelas autoridades, em razão do perigo que pode representar à saúde dos trabalhadores da cadeia produtiva, bem como aos usuários dos produtos fabricados a partir deste mineral. O parque industrial da empresa está instalado numa área de cerca de 100 mil metros quadrados na Estrada Santa Alice, próximo à fábrica da empresa Panco.

 

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região