INSS de Itaguaí fechado por greve

Servidores do estado do Rio de Janeiro aderem à paralisação nacional e reivindicam reajustes

Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) do estado do Rio de Janeiro entraram em greve por tempo indeterminado na terça-feira (7). A categoria reivindica um reajuste salarial imediato de 27,3%; concursos públicos pelo Regime Jurídico Único para aumentar o número de servidores, que segundo o movimento, é insuficiente para dar um atendimento de qualidade à população, além de melhores condições de trabalho.

A decisão é uma adesão ao movimento nacional, deliberado na plenária nacional da Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps), realizada no último sábado (4), em Brasília, quando foi aprovado indicativo de paralisação nacional dos servidores do instituto e da saúde federal.

Para ter acesso à reportagem completa, assine a edição digital ou impressa do Jornal ATUAL.
Confira também nas bancas de toda região

Pessoas em fila no posto do INSS. Agendamentos serão remarcados de modo a não prejudicar os segurados. (Foto: Portal Tempo Novo)
Pessoas em fila no posto do INSS. Agendamentos serão remarcados de modo a não prejudicar os segurados. (Foto: Portal Tempo Novo)